Procura por viagens volta a crescer, mas pacote turístico fica mais enxuto

É pessoal, segundo os especialistas, pacotes mais enxutos, tornar um passeio atrativo usando menos recursos pode fazer a diferença. Outra forma que as agências tem de resolver problemas é renegociar reservas com seus fornecedores e locais, assim ampliando o lucro para ambos. Para impulsionar a economia é necessário haver um esforço consolidado de todos. Aumentando o fluxo de turismo, esquenta todos os mercados e isso é o objetivo mais importante de todos. Não se pode perder de vista os sonhos e desejos.

Veja abaixo algumas informações publicadas no G1, escrito por Darlan Alvarenga

CVC e Costa Brava registraram recorde de vendas em março. Dólar estável, retomada do turismo de negócios, feriados prolongados e FGTS estimulam recuperação.

Segundo o presidente da Abav, Edmar Bull, outros fatores que também vêm contribuindo para uma maior procura por viagens estão o maior número de feriados prolongados em 2017 (9 no total), os saques das contas inativas do FGTS, o dólar mais estável e, sobretudo, a capacidade de adaptação do brasileiro. - Ver matéria completa no site do G1

 

Sem dúvidas a criatividade tem um papel importante na gestão de qualquer negócio. Agregar valor aos pacotes nem sempre significa ter os pacotes mais caros com as opções mais luxuosas, mas sim conseguir reformular os pacotes com opções que estejam dentro dos orçamentos dos clientes.

Na matéria do G1, link acima, um cenário de crescimento do setor está se organizando e agora é o melhor momento para se preparar para viajar, pois todas as agencias competitivas estarão com pacotes com valores menores permitindo um melhor proveito das férias.